Campanha lúdica contra abandono e maus-tratos ganha destaque nacional

caes-e-gatos

Quando a gente gosta, é claro que a gente cuida!

No Dia Nacional dos Animais, não podemos deixar de lembrar os milhões de animais abandonados no mundo inteiro. A estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) é de aproximadamente 30 milhões de cães e gatos, vivendo em situação de abandono no Brasil. Em São Paulo, apesar de não haver números oficiais, estima-se que mais de 500 animais são recolhidos todos os meses por ONGs, instituições de proteção e protetores independentes.

Para alertar a sociedade sobre a guarda responsável e as consequências do abandono de animais domésticos para a saúde pública, o Conselho Regional de Medicina Veterinária de São Paulo (CRMV-SP) lançou a campanha Quando a gente gosta, é claro que a gente cuida! O nome da ação é um trecho da música Sozinho, do compositor Peninha, que cedeu os direitos autorais para a campanha que ganhou destaque nacional.  A música, inclusive, foi usada como trilha do clipe da campanha (http://migre.me/w3RRT), que está sendo veiculado nas redes sociais.

A médica-veterinária Vânia de Fátima Plaza Nunes, presidente da Comissão de Médicos-veterinários de ONGs do CRMV, comenta que a decisão de adotar um animal de estimação deve ser bem avaliada, já que a relação vai além do fator físico-biológico. “Os cães, por exemplo, têm a necessidade de conviver com as pessoas. E quando há o abandono, o sofrimento psicológico acaba sendo o principal problema para estes animais. Por isso, é essencial avaliar a compra ou adoção de um animal doméstico com muita calma”, afirma.

Crime

Abandono e maus-tratos são crimes ambientais previstos em lei federal. Muitos não sabem, mas o crime de abandono pode acarretar punição de três meses a um ano de prisão e multa. Mas, infelizmente, poucos casos são denunciados ou se tornam processos judiciais. Muitas pessoas acabam ignorando os direitos dos animais ou simplesmente decidem que não querem se comprometer com o bem-estar animal.

De acordo com o presidente do CRMV-SP, Mário Eduardo Pulga, quando os animais não recebem os cuidados necessários, existe uma ameaça também à saúde humana e ambiental. “Os animais abandonados estão mais suscetíveis a maus-tratos, a acidentes e, principalmente, a doenças, que podem ser, inclusive, uma ameaça para outras espécies, como animais silvestres, e para a saúde humana. Segundo a OMS, mais de 70% das doenças emergentes e reemergentes são provenientes de animais, ou seja, são zoonoses”, afirma. Pensando nisso, a campanha tem como meta conscientizar milhões de pessoas e foi planejada para impactar diversos segmentos e classes sociais.

“A intenção com esta campanha é, de uma maneira lúdica, conseguir a conscientização e a educação da população sobre a importância da guarda responsável de animais”, relata Pulga. Durante toda a campanha, serão disponibilizados folhetos educativos – para escolas e ONGs do Estado de São Paulo – com orientações sobre guarda responsável e dicas práticas para melhorar a relação entre as pessoas e seus animais de estimação. Confira abaixo os folhetos educativos criados pela Casa de Ideias.

folder_crmv_impressaopreto folder_crmv_impressaopreto

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com